sexta-feira, novembro 28, 2008

Para Meton

Revela-me em surpresa
tua profunda simplicidade.
Que segredos superficiais esconde
em tua distância escura
de desejos abertos
vontades puras
certeza de criador
construindo um sonho
de mundo de traço de cor
e de puro movimento
dança, menino, dança

5 comentários:

Mariana disse...

"dança, menino, dança"

Igor, acho suas poesias de um primor...

esse final então ficou...

Pavitra disse...


tbm achei de uma suavidade esse poema...

adorei!

Igor Machado disse...

é legal saber que escrevi estes versos em aproximadamente 1 minuto. um vômito súbito.

Igor Machado disse...

Obrigado pelos elogios, Mariana e Pav!

meton disse...

obrigado master IG! sou eu mesmo, esse aí, isso aí!