sexta-feira, outubro 31, 2008

Semente de Outubro

Teus loiros encantos
de amor noturno,
abafados desejos
de cumprimento soturno.
A longa jornada desde que conheci
teus loiros encantos
jamais esqueci.

Que vozinha derrama
com teu canto leitoso!
Dois anos de espera,
uma lembrança sem gosto.
Mas brilha teu rosto, teu gesto fascina:
uma paixão reacende,
meu peito se anima.

Tua simpatia é um doce manto de luz
se estende e me abraça,
me chama e seduz.
Com inocência indecente
uma noite de entrega,
uma noite somente.

Talvez esses versos,
essa adoração,
sejam cores que exprimem
minha gratidão.
As notas que pintam
uma fantasia
que talvez esses versos
lhe tragam algum dia;
uma boba cadência,
uma chuva que ascende
e cai em teus olhos
de ausência presente.

2 comentários:

Anônimo disse...

já leu "a insustentável leveza do ser"? tem tanto a ver com esse seu momento...

saudades, dear friend.

bjs, jojo in the sky with diamonds.

igor disse...

Nunca li, mas vou procurar. Me pareceu certo agora, não sei por que.

Obrigado, Jojo

=)